Despesas e Decisões

Depois de apurar as despesas que são prioritárias para manter a vida em equilíbrio, é hora de tomar decisões e escolher o caminho para quitar ou negociar as dívidas.
Você terá de saber quanto conseguirá dispor para as futuras negociações com credores e de onde o dinheiro sairá.
Reduzir despesas é o recomendado pelos especialistas, para se ter um bom diagnóstico em mãos.
Avalie como pode baixar o consumo de luz e água, evitar o desperdício de comida e uma maneira de comprar alimentos mais em conta, por exemplo.

Troca de dívidas

Neste momento, vale a pena analisar a possibilidade de verificar onde obter créditos que sejam mais baratos do que a dívida atual.
Avaliar a troca de banco também pode ser uma opção. Às vezes, para conquistar a clientela, algumas instituições reduzem juros.
Lembre-se: essa negociação precisa se encaixar na sua realidade financeira. Ou seja, não dá para comprometer algo além da capacidade de pagamento.
Vender um bem também deve ser levado em consideração em vez de se contratar um novo empréstimo. Faça as contas e pese essa possibilidade.
Mas sempre tome atitudes com a participação dos familiares. Quando todos estão unidos em prol da mesma meta, fica mais fácil ou menos doloroso atingir o objetivo.

Deixe um comentário